Piera Talin

Piera Talin

Piera Talin está cursa doutorado em antropologia em um programa conjunto entre a EHESS (École des Hautes Études en Sciences Sociales) e o Institute for Social Sciences Research (AISSR), da Universidade de Amsterdã.

No subprojeto Cura na Cidade do programa Healing Encounters, ela estuda reformulações das práticas de rituais com ayahuasca em contextos urbanos no Brasil e na Europa. Ela estuda o papel que as práticas ayahuasqueiras exercem na lida com a saúde mental urbana e as transformações no gerenciamento farmacológico sobre saúde mental e existencial, o que envolve psicodélicos e psicofarmacêuticos. Sua pesquisa acompanha as circulações dos usos neotradicionais da ayahuasca entre a floresta e a cidade, as traduções de conhecimentos que dizem respeito à saúde mental e as práticas de cuidado entre as ontologias indígenas, biomédicas e religiosas e neoxamanicas, e formas híbridas emergentes entre arte, cura e práticas ritualísticas.

Realizou seu mestrado em Antropologia Cultural, Etnologia e Etnolinguística na Universidade Cà Foscari, Veneza, numa colaboração com a Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brasil, com uma dissertação sobre comunidades religiosas ayahuasqueiras. É bacharel em Teorias e Práticas da Antropologia na Universidade La Sapienza em Roma, com dissertação sobre etnopsiquiatria.

Como parte da equipe do ERC Advanced Grant Program "Juventude Química: O que os químicos fazem pelos jovens e suas vidas diárias" (Universidade de Amsterdam), Piera Realizou trabalhos etnográficos na Amazônia e na Itália, gerando a publicação do artigo “Ayahuasca’s entwined efficacy: An ethnographic study of ritual healing from ‘addiction’” (A eficácia entrelaçada da ayahuasca: um estudo etnográfico de ritual de cura da ‘dependencia’, com E. Sanabria).

A pesquisa de Piera foca na antropologia da saúde, dos cuidados e do corpo, com interesse particular em saúde mental e rituais de cura, especialmente envolvendo plantas e não humanos. Ela tem interesse em história da medicina, psiquiatria cultural, etnopsiquiatria e, mais recentemente, começou a estudar as teias entre arte, rituais de cura, plantas medicinas e drogas. Piera é cuidadora treinada e trabalhou principalmente com crianças, jovens adultos e familiares lidando com câncer em final de estágio.

Contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

CNRS
ERC
Cermes3

© 2022 Healing Encounters