Aniara Rodado

Aniara Rodado

Aniara Rodado é uma coreógrafa colombiana, artista e pesquisadora, que está completando sua dissertação de doutorado em ciência e estudos performativos na Ecole Polytechnique, em Paris. A tese de Aniara explora a bruxaria e os relacionamentos interespecíficos com o mundo das plantas, de uma perspectiva transfeminista. Como coreógrafa, sua prática busca ir além da dança e além do corpo humano. Ela questiona a fetichização dos objetos técnico-científicos no contexto da crise ecológica, incluindo sua tendência em estandardizar a vida em todas as escalas, afetando corpos, suas alianças e a própria possibilidade de conhecimento. Suas instalações, textos, vídeos, peças de dança e desenhos são todos criados sob fonte aberta, com preferência pelas formas velhas ou low tech, e da bricolagem caseira do tipo faça você mesmo.

Nos últimos dois anos, seu trabalho foi apresentado em: Festival Click Helsingor, Museu Nacional da Dinamarca ZKM, La Casa Encendida, Madri, Centro Cultural contemporâneo da Andaluzia, Centro de Cultura Digital e Centro de Artes Nacionais CDMX- México, Festival Un-Split de Munique, Cité Internationale des Arts de Paris, Emmetrope, Bourges, onde foi comissionária da exibição Ou/Vert Phytophilie, Chlorophobie & Savoirs Situés. Em 2010, venceu o prêmio por Creation Dance and New Technologies no Festival Les Bains Numériques.

Aniara Rodado compartilha com a equipe do Encontros de Cura uma profunda curiosidade sobre como pensar com plantas e o compromisso com metodologias decoloniais, feministas e multiescalares.

CNRS
ERC
Cermes3

© 2022 Healing Encounters